quinta-feira, 28 de junho de 2012

Café com vampiros


Eu acordei cedo naquela quarta-feira gelada. Na aula de Japonês aprendi que existe uma linguagem diferente para falar de pessoas superiores, como presidentes e chefes. Voltando pra casa, parei para tomar um café. Você estava acordando. Trocamos mensagens, mais empolgadas que o normal, enquanto você se arrumava para sair. Por sorte descobri que não teria aula à tarde então saltitei pelas ruas, bem feliz.

Você saiu de casa, eu tomei banho. Me emperequetei toda, escova no cabelo, blush e botas. Logo logo você desceu do avião e entrou no ônibus, e então eu saí de casa, desesperada para te ver. Desci a rua correndo e quando cheguei ao ponto, você mal tinha chegado na metade do caminho. Te vi! Te vi de longe! Dentro do ônibus, acenando pra mim. Você desceu e eu te abracei, o abraço mais apertado do mundo.

5 dias. Os 5 dias mais perfeitos que alguém pode querer! Com tantos planos feitos, nos ocupamos o dia todo passeando pela cidade, tomando cafés deliciosos e assistindo nossa série favorita: "Vampire Diaries". Você experimentou cada um dos meus chás, tocou violão e cuidou de mim quando fiquei resfriada. Até piano você tocou, no meio do shopping para minha alegria e de todas a velhinhas que te elogiaram e bateram palmas.

Chegou a segunda-feira e você teve que voltar para "Tão, Tão Distante", lutar com dragões, efrentar ventos terríveis e desertos escaldantes. E todas essas coisas que príncipes fazem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...