terça-feira, 27 de setembro de 2011

Terça-King-Size-Feira

Depois de assistir aula, fazer trabalho, almoçar no bandejão, fazer mais trabalho, apresentar trabalho, assistir a algumas apresentações, rabiscar 3 folhas de caderno, comer todo o estoque de comida da mochila, jogar paciência no iPod, bater a cabeça na parede, implorar pro Bê conversar comigo por mensagem, assistir a mais duzentas mil apresentações, contar quantas lajotas tinham no chão da sala, calcular quanto vou gastar/ganhar/juntar em 1 ano quando estiver trabalhando e quanto minha poupança vai render [passo a passo] se eu aplicar 500 reais por mês, a aula acabou e eu fui pra casa. Latas de tinta na cozinha. Jornal no chão da sala. Tábuas no corredor. Cadeiras no meu quarto. Posso voltar pra aula?

domingo, 25 de setembro de 2011

Semana Punk


Tem coisa melhor do que chegar em casa e encontrar seu quarto assim?

Pois é. Fui empurrada pra sala. Dormi em um colchonete e no outro dia fiquei estudando no escritório. Porém, quando cheguei da faculdade à noite, tinha uma pilha de tábuas de madeira onde eu havia colocado meu colchão e eu tive que dormir no sofá mesmo. Dois dias depois eu só podia entrar na cozinha e me mudei de vez pra casa da minha vó.

Não posso reclamar, pois isso significa que finalmente terei um armário só pra mim, e o Neném terá um quarto digno quando vier na minha casa. Agora já posso entrar no meu quarto, mas só entrar, porque ficar lá dentro é fora de cogitação. A pintura já está pronta, mas ele virou quarto de entulhos para colocar os móveis da sala [que está lotada de tábuas]. Não preciso nem dizer que o apartamento está um caos, né?

Enfim, para fugir de ter que encarar essa montanha de bagunça, sai cedo no sábado. Fui para a casa da minha prima com minhas outras primas para relaxar um pouco na piscina. Relaxamos, sim. Mas antes carregamos um fogão até o apartamento dela. Imagine 4 mocinhas magrelas carregando um fogão. Foi até engraçada a cena.

Da casa dela fui direto pro show da Droppie Joe. O show foi maravilhoso! Eles conseguiram tocar melhor do que da outra vez! A única coisa que não gostei foi que tinha um rato lá no lugar!!! Ele desceu pelos fios da mesa de som e se enfiou por baixo do palco. Passei o show todo tensa por causa do bicho. Fiz umas filmagens legais do show. Dessa vez tinha mais luz no palco e deu até pra ver alguma coisa na imagem. Depois eu posto um vídeo aqui.

Saí do show, tomei um banho e fui pro aniversário surpresa da minha amiga da faculdade. Lá pras 10pm eu já estava morta de cansaço e voltei pra casa. Estava passando o Rock in Rio na TV e como o Neném estava lá, eu fiquei com vontade de assistir. A gente sempre tem aquela esperança minúscula de que a câmera filmará exatamente aquela pessoa que você conhece no meio da multidão. Obviamente não o vi, mas assisti ao show do Red Hot Chili Peppers que foi doido demaiiiss!

Dormi pra lá de tarde, acordei hoje com dor em cada músculo do meu corpo e com cara de zumbi. Queria dormir o dia inteiro. Depois do almoço em família, o Neném me contou tudo sobre o show de ontem no telefone, estudei um pouco e fiz trabalho.

Essa semana será perfeita! Acabam as obras aqui de casa e o Bê vem passar o final de semana comigo! *-* Can’t wait!!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

What a lovely weekend!



Acordei cedo no sábado. Estava frio e nublado. Varri a casa, troquei a roupa de cama, coloquei as roupas para lavar, tomei um banho quentinho e me arrumei para sair. A Oli me encontrou aqui em casa pela manhã, trocamos livros e esmaltes e depois fomos para o pastel. Lá estava o Álvaro deliciando um pastel de bombom enquanto congelava naquele vento seco de fim de inverno.

Esperávamos outros dez rapazes e raparigas para nos acompanhar no passeio matinal pela cidade, mas acabamos nos conformando de que seríamos apenas os três e deixamos o local combinado para encontro da turma. Entramos em um pequeno café, alguns quarteirões à frente, onde pedimos bebidas para nos aquecer.

A fim de comprar presentes e outras coisinhas mais, caminhamos até o shopping. Para minha grande surpresa, não encontrei nenhuma loja que vendesse fones de ouvido que custassem mais de R$6,00, e como não quero outro fone com duração máxima de um mês, continuei sem poder ouvir música no meu iPod. Durante nossa busca por um fichário, encontramos com o Gustavo que voltava da aula de inglês e fomos almoçar no Burger King.

Já sentados para comer, avistamos o Fipi com o sanduíche na mão, procurando um lugar pra sentar. Aquilo foi incrível! Não esperávamos que ninguém mais aparecesse para nos fazer companhia e surgiu o Felipe para saborear conosco um Whopper com batatas fritas. Para melhorar ainda mais a tarde que se iniciava, a Allana nos encontrou lá também.

Lá para o meio da tarde, voltei para casa e liguei para o Bê. Cada ligação é um momento marcante [de duração mínima de 1h] do dia, por isso sinto a necessidade de sempre registrar aqui. Mal dei oi para minha mãe e saí correndo. Era festa surpresa do Elio e não podia perder a carona que sairia em 5 minutos. Lá encontrei com mais amigos, comi uns espetinhos de frango deliciosos e, para minha alegria, musse diet.

No domingo não fiz nada, na verdade. Mas meu sábado foi tão, mas tão legal que valeu pelo final de semana todo. O acontecimento épico do finalzinho do final de semana foi a viagem dos meus avós. Eles vão ficar quase 3 meses visitando os bisnetos deles que moram bem longe. Vou ficar desolada aqui sem vô nem vó por todo esse tempo! Fora isso, conversei com o Bê no MSN, estudei para a prova de quarta-feira e passei um tempinho com minha família.

Espero que todos tenham tido ânimo para ler o post até o final! Agradeço a preferência e voltem sempre!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Boa noite, sexta-feira!


Hoje o dia está ótimo para ficar em casa dormindo o dia inteiro. Poderia ficar dias listando os motivos, mas aí não seria mais sexta. Acordei às 6h30 com o Bê me ligando. Tadinho. Não sabia que eu não tinha aula de Japonês hoje e ficou com medo de que eu me atrasasse. Depois de umas 2 ou 3 mensagens de bom dia, voltei a dormir e só acordei às 10h00. Eu disse acordei, e não levantei. Puxei o notebook pro meu colo e fiquei debaixo das cobertas por mais um tempão!

O dia estava nublado e frio. Nada melhor do que assistir ao último episódio de um drama japonês triste em um dia triste. Não preciso nem dizer que chorei litros, né? Pra quem entende de j-dramas ou estiver curioso, a série que acabei de ver foi "Ima, Ai ni Yukimasu". Uma ótima série, super recomendo!

Lá pra 12h30, o Bê saiu da aula e me ligou. Enquanto nos falávamos eu fiz aquele miojão esperto e assisti um pouco de TV [quem não consegue fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo é lerdo]. Sei que fica feio para uma [wannabe] nutricionista dizer que almoçou miojo, mas é que minha vó vai viajar domingo e estou me preparando já pra ficar 4 meses sem comida de vó. A gente tem que começar aos pouquinhos, certo? Hoje miojo, amanhã sopa de legumes, e quem sabe em um mês já vou estar fazendo arroz com bife?

Ainda morrendo de frio, fiz um chá pra ver se esquentava. E depois fiz outro. E mais outro. Um pouco aquecida, fui estudar Japonês. Farei uma prova no Rio de Janeiro em menos de 3 meses e não sei quase nada de Kanji! Estou ficando desesperada já! Estudei até bastante e depois falei um pouquinho com o Bê no msn.

Não sei se cheguei a comentar aqui antes, mas eu comecei a fazer Pilates. É bem paradão, mas ajuda a fortalecer os músculos e ajuda na dor das costas. Também nunca disse que tenho dor nas costas, né? Mas agora vocês já sabem. Então de noite fui lá pro Pilates. Programão de sexta à noite é ir pra academia, lógico. E depois chegar moída, com cada músculo do seu corpo pedindo penico, tomar um banho quentíssimo e capotar na cama. E é exatamente isso que vou fazer agora.

domingo, 11 de setembro de 2011

Nightmare

Há 6 meses tenho tido pesadelos frequentes. De 2 a 3 vezes por semana sonho com coisas capotando [carros, ônibus ou até mesmo hospitais (?)], sonho com pessoas morrendo ou coisas ruins relacionadas ao meu namorado. Sempre que acordo desses pesadelos, vejo que estou com hipoglicemia.

Andei pesquisando e encontrei um artigo que diz ter relação entre pesadelos e a baixa de glicose no sangue.  
"A hipoglicemia noturna pode ser manifestada por pesadelos, sudorese noturna e cefaléia ao levantar-se. Merece avaliação glicêmica e se confirmada, é necessária redução da 2ª dose ou dose noturna da insulina de ação intermediária.  
Assim, todo paciente tratado com insulina e as pessoas que convivem com ele devem estar alertas para os sintomas e sinais de hipoglicemia e saber como proceder; o paciente deve ter consigo uma fonte de açúcar e cartão de identificação como diabético."

Essa dona Hipoglicemia é uma bruxa tão malvada que não só me aterroriza de dia, como me faz ter pesadelos à noite. Aí acaba que, por medo dela, como demais e minha glicose sobe demais. Eu sei que diabética querendo emagrecer vai ter hipoglicemia inevitavelmente, mas daí a atrapalhar meu psicológico já é outra história! Pode parecer bobagem, mas esses sonhos ruins me deixam muito impressionada. Fico pensando nisso por semanas. Eles pegam meu ponto fraco e me deixam mais medrosa. Quero que vão embora mas eles sempre voltam!

Sempre que tenho hipoglicemia noturna, acordo. Já acontecia antes dos pesadelos começarem. Eu estava dormindo e acordava passando mal. Sem mais. Agora só acordo depois de ter sonhado aquilo tudo. Ai,  ai... Me devolve meus sonhos, cérebro burro!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Unhas

Eis que, conversando com a Oli, eu sinto que preciso de comprar esmaltes. Inesperado, não? Logo eu, euzinha aqui, querendo comprar esmaltes. Pra não dizer que sou totalmente alienada no quesito unhas, até tenho um pequeno estoque com uns 10 vidrinhos no máximo. 2 pretos, 2 rosas, 3 vermelhos e um branco pra fazer francesinha. Então descubro que quero mais. Quero variar as cores. Quero gliter. Cara, acho que estou virando mulherzinha de vez! Talvez seja a convivência....

Olha só as cores que comprei:


Não dá pra ver direito na foto, mas o primeiro é Viúva Negra, o segundo é Cenário Perfeito e o terceiro Chão de Estrelas. Segui as recomendações da Oli e agora vou testar nas minhas patinhas! :)

P.s: Já testei o Chão de Estrelas! Olha como ficou:


quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Prova


Daqui a 1h faço a primeira prova do semestre. Espero que o tanto que estudei ontem e hoje mais cedo tenham sido suficientes pra ir bem na prova. A matéria parece fácil, mas quanto mais fácil aparenta, mais tensa a prova costuma ser. Li tantas coisas da matéria que até sonhei com um adipômetro.
Me desejem sorte! o/

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Quantos anos você tem, mesmo?


Tem gente que parou no tempo. Não dá pra ter 15 anos o resto da vida... Ser infantil às vezes não é de tudo ruim, mas não dá pra perder a noção! Ou, quem sabe, são as meninas de 15 com as quais eu convivo que são maduras demais?

Sorry, mas eu precisava desabafar!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...