domingo, 6 de maio de 2012

Meu cabelo e Eu


Eu amo meu cabelo. Já tive muitos problemas com ele ao longo da vida, mas sempre dou um jeitinho de ama-lo. Ultimamente tenho tido problemas relacionados com a oleosidade. Para tentar resolver, resolvi fazer uma retrospectiva do meu cabelo e identificar as causas.

Eu loira: anos 90

Eu era loira, tinha muito cabelo, comprido e liso. Adolescência, hormônios e alguns cortes errados depois, meu cabelo ficou cheio, ondulado e opaco. Aos 14 anos, fiz escova progressiva pela primeira vez. O resultado foi um cabelo baixo, liso, mais escuro e oleoso. Passei a lavar com mais freqüência e parei de secar com secador. Depois disso, meu cabelo nunca mais foi o mesmo, pois caiu MUITO. O volume reduziu para sempre, não só pelo efeito do produto, mas por ter reduzido em 2/3 a quantidade de fios.

Antes: 13 anos                       Depois: 14 anos
Ao longo dos anos que se sucederam, cultivei muito amor ao meu cabelo, lavando e secando com o secador diariamente para mantê-lo sempre limpo e lindo. Em uma segunda feira tenebrosa de junho de 2011, véspera do dia dos namorados, resolvi aparar as pontinhas duplas do meu cabelo que estava ENORME. Saí do salão em prantos, com o cabelo no pescoço, todo torto e com dois fiapos atrás. Por mim eu iria direto pro cemitério, porque a única vontade que eu tinha era morrer.

Um dia antes e um dia depois do estrago!
Eu havia feito progressiva pela última vez há mais de um ano, ou seja, no pouco de cabelo que me restou não havia química nenhuma. Imaginem agora aquele cabelo lá em cima, dos meus 13 anos, "chanel". Posso garantir que bonito não estava. Passei a odiar meu cabelo e pensei até mesmo em raspar e usar peruca. Toda hora que o via no espelho ou até mesmo na minha sombra, desabava a chorar. Tampei os espelhos da casa com cartolinas e tudo mais. Chorava no ônibus, no meio da prova e toda hora que lembrava que ele estava curtinho.

Duas semanas depois, minha mãe, não aguentando mais me ver daquele jeito, me levou na amiga dela cabeleireira para fazer qualquer coisa que ajudasse a melhorar minha aparência. Ela foi um anjo. Cortou mais, para acertar o torto (pelo menos para melhorar, pois para ficar reto só mesmo deixando na orelha) e fez a bendita progressiva. Melhorou 75%.

Junho 2011

Desde então ele vem crescendo, vou lavando diariamente e ele vem ficando mais e mais oleoso. Quando cheguei ao ponto de ter que lavar 2 vezes por dia, assustei e parei para refletir. Me disseram que lavar o cabelo com muita freqüência leva ao aumento da oleosidade, o que contradiz as recomendações da minha dermatologista. Encontrei então 3 soluções:

* Parar de fazer progressiva
* Lavar "dia sim dia não"
* Mudar de dermatologista

A primeira solução é simples. Progressiva nunca mais. A segunda é muito difícil. Como eu disse, criei o hábito de lavar o cabelo 2 vezes por dia, então ficar um dia inteiro sem lavar é uma tortura para mim. Cabelo sujo não é só feio, como incomoda. A cabeça coça. Sinto o óleo escorrer pelo rosto, que também fica oleoso por causa disso. Mas vou ser perseverante, sofrer nos "dias não" até o meu cabelo voltar a ficar apresentável com apenas uma penteadinha de manhã.

Meu cabelo hoje, crescendo

Ps.: Desculpem a falta de originalidade das fotos. Não estou fazendo propaganda da minha câmera! hahaha

2 comentários:

  1. também me sinto hiiiper incomodada quando o cabelo vai ficando sujo, mas realmente tem que ser um dia sim e um dia não, senão vai piorando muito!
    nunca vou conseguir ficar sem progressiva, pois é o que melhorou minha vida 100%! mas tento fazer o mínimo possível, 2 vezes por ano, sempre que acabo de entrar de férias (pq se pudesse mesmo e não fizesse mal, eu faria pelo menos 4x) e na próxima vou tentar uma sem formol (o kalil me fez assistir a matéria do Fantástico e me traumatizou! hahaha)
    com certeza essa sua dermatologista tá errada pq lavar todo dia não é bom. e a respeito de queda de cabelo, acho que isso é um problema da nossa família pq eu e minha mãe também temos muita queda.
    eu sempre seco o cabelo, mas em torno de 30 minutos depois que já saí do banho, que o cabelo já começou a secar sozinho, mas nem tanto, que ainda dá pra modelar. com o secador um pouco mais longe, pra não ressecar o couro cabeludo. no começo, só sacudindo o secador e usando minhas mãos nos cabelos, depois a escova normal de pentear e só em último caso (e sempre na franja) a escova redonda, só pra finalizar. isso resulta em uma secagem de cabelo de menos de 10 minutos (sendo que metade é modelando a franja) e sem ressecar muito.

    beeeeijos :)

    ResponderExcluir
  2. Sei muito bem o que sofreu com o "corte" de cabelo.
    Eu tinha um cabelo mega grande, lindo e impecável. Sempre cortava com a mesma cabelereira, mas a distância me fez optar por uma perto da minha nova casa, q simplesmente DESTRUIU meu cabelinho, meu lindo cabelinho =/
    E meu cabelo q crescia numa velocidade incrivel, demorou 1 ano pra crescer 3 cm (ou mais ou menos isso).
    Voltei pra antiga cabelereira e prometi que nunca ninguem nesse mundo vai tocar no meu cabelo, q ñ seja ela. Ela foi reparando os estragos que a psicopata fez e hj meu cabelo está voltando a crescer normalmente ^^

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...