quarta-feira, 7 de março de 2012

Andei pensando...


Por que mate tem um cheiro tão bom?
Por que eu continuo assim se quero ser diferente?
Por que passagem de avião é tão caro?
Por que eu gosto tanto de sorvete de abóbora com coco?
Se eu tivesse nascido gostando de estrogonofe, minha vida teria sido melhor? Eu seria mais feliz agora?
Fato é que o cheiro do mate é bom. Quentinho e gostosinho, descendo pelo esôfago e curando meu resfriado.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...