segunda-feira, 2 de maio de 2011

2ª feira de sol

Após ligar a “soneca” de 9 minutos no celular pela 3ª vez, tive coragem de levantar da cama. Vesti o manto sagrado [camisa do glorioso Clube Atlético Mineiro], dei um jeito no meu cabelo e tomei insulina.

Às 7h00 minha mãe falou que ia sair em 10 minutos, e eu desesperei total, pois perder a carona significa andar 3km com o pé quebrado! Tomei a vitamina que ela fez pra mim e escovei os dentes correndo. Fiquei pronta na hora certinha, mas ela não e saímos de casa às 7h40 [ou seja, poderia ter dormido mais meia hora].

Minha aula acabou às 9h30 e fui com minhas colegas estudar na biblioteca. Amanhã tem prova de Bioquímica, para desespero geral da turma. Às 11h30 fomos almoçar no bandejão. A comida estava intragável! A carne moída estava com um gosto horrível e o arroz estava duro. Só comi mesmo o feijão e o tomate.

Pegamos o ônibus que vai até o outro Campus e para nossa desventura o trânsito estava todo engarrafado. Dormi o caminho todo e chegamos em cima da hora da aula de Fisiologia. No intervalo fui gastar meu rico dinheirinho comprando Xerox [afinal estudante tem mais é que gastar dinheiro com isso mesmo]. Voltei para a aula e fiquei ouvindo o CD dos Ramones que eu baixei ontem.

Às 4h00 começou a segunda aula da tarde, e eu já estava morrendo de vontade de voltar para a casa. A professora era nova e de outro estado. Ela tinha muito sotaque! Não conseguia prestar atenção no que ela dizia, só ouvia o sotaque dela e mais nada. Pra piorar ela estava dando a matéria que a gente já estudou em Anatomia e Histologia. Me irritei e fui dar uma voltinha lá fora. Bebi água, lavei o rosto, ouvi mais umas 3 músicas e voltei pra sala. Quando voltei metade da turma tinha ido embora por causa da aula repetitiva. Eu não tenho coragem de fazer isso, principalmente porque era o primeiro dia da professora na faculdade e fiquei com dó.

Entrei no ônibus 5h40 e só na metade do caminho percebi que peguei o ônibus errado. Tive que andar 3 quarteirões a mais e já estava de noite. Para piorar a rua estava cheia de morcegos. Às 7h00 cheguei em casa finalmente. Tomei um banho, tomei um cappuccino e liguei pro Neném. Falamos por 42 minutos. Acabei de ler o livro que ele me deu, “O Palácio de Inverno”, um livro lindíssimo que super recomendo! Chorei demais com o final!

Agora vou fazer um exercício de Química e Bioquímica dos Alimentos que é para 4ª e nem comecei ainda!

Boa noite, pessoas! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...